FANDOM


Articletype arkham Arkhamverso 
Série de jogos Arkham 
      Para outras versões do personagem, veja Anarky/Outras versões.
Anarky
AnarkyArkham
Nomenclatura
Nome Lonnie Machin
Alias Anarky
Dados
Alt./Peso 1,68 m / 66 kg
Resid. Gotham City
Personagem
Voz Matthew Mercer

Anarky (ou Anarquia ou Anarquista) é o codinome usado por Lonnie Machin, um revolucionário extremista que usa violência e terrorismo para tentar estabelecer em Gotham o que considera um ideal de bem maior: a completa destruição da sociedade vigente e sua substituição por uma comunidade anárquica. Seus métodos criminosos e completo desrespeito por qualquer limite legal ou moral o põem em conflito com o Batman.

Histórico

Passado

Pouco se sabe do passado de Lonnie Machin antes de sua transformação em Anarky. Ele inspirou-se no Batman para criar um alter-ego mascarado que combateria aquilo que acredita ser a ruína de Gotham City: as instituições e o governo, que ele vê como corruptos. Apesar de secretamente ser ainda apenas um adolescente, Anarky é uma figura muito carismática, arrebatando um culto de seguidores especialmente entre os jovens, os sem-teto e os desiludidos.

Arkham Origins

AOAnarky1

Anarky numa projeção

Na véspera de Natal do segundo ano do Batman em Gotham City, Anarky põe em prática o plano que esteve preparando com seus seguidores. Logo ao sair do navio Oferta Final do Pinguim, o Batman vê uma transmissão de Anarky, hackeada para aparecer em diversos telões e projetores da cidade, dizendo ser a voz do povo e anunciando seus objetivos para libertar a cidade da corrupção que a oprime: bombas foram plantadas em três locais que ele considera ser focos de corrupção, fontes da ruína de Gotham, e tais explosivos serão detonados antes do amanhecer. Dirigindo-se diretamente ao Batman, ele afirma acreditar em liberdade de escolha e desafia o Cavaleiro das Trevas a impedir seus planos se assim desejar.

Investigando a situação enquanto lida com outras ameaças, o Batman rastreia seguidores de Anarky e descobre as bombas em três locais distintos: o Banco dos Comerciantes de Gotham, o Cassino Gotham e o Edifício do DPGC, derrotando aqueles que as guardavam e desarmando todas a tempo. Notando isso, Anarky mais uma vez se comunica diretamente com o Batman e o convida ao inativo Tribunal Solomon Wayne para que eles possam discutir pessoalmente o "julgamento de Gotham".

AOAnarky2

Batman contra Anarky e seguidores

Dentro do tribunal, o Batman encontra a base de Anarky e seus seguidores; Anarky propõe uma aliança, mas o Batman recusa dizendo não trabalhar com criminosos. O anarquista se irrita, afirmando que o Batman é igual a eles, mas se acha superior por ter dispositivos e técnicas que os demais não têm. Anarky e seus seguidores atacam, mas acabam sendo derrotados e o líder é desmascarado. Embora surpreso pela juventude de Machin, o Batman ainda o amarra e aciona a polícia, explicando que seu plano teria matado centenas de pessoas inocentes apenas para tentar demonstrar um argumento.

Embora inicialmente ainda demonstre interesse em mudar e se tornar um aliado adequado para o Batman, termina por mudar de ideia, afirmando que o Cavaleiro das Trevas é um hipócrita que ficou tão acostumado com o poder que tem que começou a se achar melhor do que os demais, e que só defende a liberdade se ela se adequar ao que lhe convém. Apesar de sua prisão, seus seguidores continuam lutando por sua causa e em seu nome; um imenso grupo deles é visto atuando na noite de Ano Novo.

Após Origins

Continuam a existir seguidores de Anarky e seus ideais mesmo anos após sua prisão;[1] entretanto, o próprio terrorista não mais atacou Gotham, não tendo sido sequer visto desde seus atentados na véspera de Natal. Aaron Cash do DPGC infere que Machin foi entregue pelo Departamento de Polícia à custódia do governo e que a autoridade maior ainda o mantém preso, mas ele não tem conhecimento de onde.[2]

Perfil

Arkham Origins

 
  • Auto-intitulado "voz do povo"
  • Extremista, faz qualquer coisa para alcançar seus objetivos
  • Vê corporações e governos como inimigos a serem destruídos
  • Ganhando muitos seguidores entre jovens e desiludidos

Anarky quer expurgar toda a corrupção de Gotham, mas seus métodos envolvem destruição arbitrária. Seu idealismo só se equipara a sua presunção, que torna quase impossível argumentar com ele - precisa ser detido de forma física, e preso, para manter esta cidade a salvo. Deve-se aproximar com cuidado.

AOPfAnarky

Citações

Arkham Origins

  • (para o Batman) "Você não se considera um criminoso, não é? O traje. Os apetrechos. O senso de merecimento. Você é só outro garotinho rico expiando seus crimes fiscais. É uma pena."
  • (para o Batman) "Eu me espelhava em você. Queria ser você. Acho que é por isso que dizem que nunca se deve conhecer seus heróis..."
  • "Já imaginou como as coisas ficaram tão ruins por aqui? Eu penso o tempo todo. Entenda: não acho que homens como Roman Sionis e Oswald Cobblepot sejam responsáveis. Eles são só o reflexo da nossa apatia. Nossa ganância. Nosso medo. Nós olhamos para o outro lado quando as coisas ficam feias. Nos enterramos em nosso trabalho. Consumimos propaganda mascarada de entretenimento. A mensagem é sempre a mesma: não pense. Não questione. E o que acontece com uma sociedade que desiste? Ela apodrece. Se enche de mentirosos, trapaceiros, bandidos. Ricos e pobres. O engomadinho da cobertura não é melhor que o cara vendendo drogas no beco. Ambos estão fazendo qualquer coisa para sair na frente, não importa o custo."
  • "Fidelidade. Antigamente, era isso que definia a sociedade. Pessoas se unindo para buscar uma causa em comum. Para proteger e prover uns aos outros. Nos protegíamos da escuridão e das coisas que vagavam nela. Comunidade significava progresso. Mas agora... está tudo invertido. Veneramos um altar de competição. Construímos fortalezas em torno de nós. Lutamos, traímos. Nos tornamos as coisas que temíamos."
  • (para o Batman) "Se continuar resolvendo os problemas de todos, Batman, ninguém vai aprender a cuidar de si mesmo. Quem não odeia você vai começar a se garantir em você. Depender de você. E se alguma coisa acontecer? Se você ficar velho? Ou entediado? Ou morrer? E aí? Ou não leva em conta o mundo que o cerca?"
  • (para o Batman) "Você é um hipócrita. Correndo por aí "executando a justiça". Dizendo às pessoas o que podem fazer ou não. Você garante a liberdade de Gotham - contanto que se adeque à sua visão distorcida. O que agradar ao Morcego, não é? Você não é um herói. É um déspota. Você não garante a justiça, você a suprime."

Gravação de Enigma (1)

  • Gordon: Aqui é Gordon.
  • Anarky: Sei quem você é.
  • Gordon: Quem fala?
  • Anarky: Vi a sua ficha. Impressionante. Numa cidade cheia de sujeira, você é o único com as mãos limpas.
  • Gordon: Preciso que rastreiem a ligação!
  • Anarky: Mas apesar da ficha limpa, você ainda é apenas um instrumento de opressão fazendo as vontades dos seus mestres corporativos.
  • Gordon: Trabalho para a cidade de Gotham, não para corporações.
  • Anarky: É mesmo tão ingênuo? O governo pertence às corporações da América, a cidade pertence a Bruce Wayne, e o prefeito não poderia limpar a bunda sem pedir permissão a pessoas como Rupert Thorne. Você é uma engrenagem da máquina, Gordon. E essa máquina é voraz. Ela precisa ser impedida.
  • Gordon: Então está me fazendo algum tipo de favor?
  • Anarky: Isso mesmo. Estou aqui para guiar os perdidos. Apesar de sua escolha de profissão, sua ficha indica que você pode se regenerar. Então, um aviso: saia, Gordon. Saia enquanto pode.
  • Gordon: Alô? Alô? Conseguimos rastrear? Encriptada? Filho da...

Gravação de Enigma (2)

Curiosidades

Notas e referências

  1. Batman: Arkham Knight. A cena de abertura mostra um homem de jaqueta vermelha desenhando o símbolo de Anarky na mesa de um café, que pouco depois se revela um criminoso aliado ao Espantalho.
  2. Batman: Arkham Knight. Arquivo de Provas. Mostruário de Anarky. Aaron Cash: "Ninguém o viu desde então. Ninguém sabe onde ele está preso. Acho que o governo não gosta muito de anarquistas."
Community content is available under CC-BY-SA unless otherwise noted.